Pesquise Aqui

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

O que se faz?



O
 que se faz...? O que se faz...? O que se faz com um “amigo” que lhe procura somente para lhe pedir favor; favores...; favores? Mas não é tão simples assim (um simples pedido); antes, ele lhe fornece alguma coisa, lhe promete algo; inclui-lhe n’alguma situação prazerosa, que você aprecia; posteriormente, quando ele lhe pede algo, você já se encontra devidamente domado, impotente para reagir, mas ainda (você) consegue pensar: esse infeliz “não dá ponto sem nó”! Mas já se é tarde...
O que fazer...?
Talvez desatar-se do seu covil; afastar-se dos seus círculos; não responder a determinados e-mails (mas ler todos eles e se inteirar dos assuntos); não responder as mensagens e nem atender as chamadas no celular (ou só respondê-las; atendê-las em momentos inoportunos); não ir com ele a shows; jogos de futsal; bares e cachoeiras; não pular com ele o carnaval; enfim, é preciso – também – “dar uma de doido”!
JaloNunes.

Sem comentários:

Enviar um comentário