Pesquise Aqui

quinta-feira, 14 de abril de 2016

O Impeachment é um Golpe de Estado?


É possível escutar uma parcela da população, bem como de "políticos", afirmando que o atual processo de impeachment contra a Presidenta Dilma Rousseff (PT) se constitui num golpe de estado. Golpe de Estado ocorreu similarmente no início da segunda metade do século passado, quando, por 20 anos seguidos, governos militares presidiram o Brasil, num revesamento incessante, mantendo o país e tudo que nela se processava sob os olhos agudos do regime militar, em cuja época, a democracia era apenas uma utopia...
Diz-se também, constantemente, que este processo de impeachment que está em curso, é uma afronta à democracia, uma ação enviesada que destrói décadas e mais décadas de conquistas e o esforços dispensados por diferentes indivíduos (o que se constitui num acúmulo de legitimidades e de direitos conquistados)...
O que torna um pedido de impeachment perigoso, no seu processo? Como este que está a acontecer, o perigo reside no fato de que a democracia torna-se fragilizada e a ideia que se tem, de que "há uma democracia" e que os eleitores votam e elegem alguém pela vontade da maioria, tornam-se simplesmente letra morta!
A democracia torna-se também fragilizada porque todo e qualquer presidente, mesmo que seja eleito democraticamente, tecnicamente viverá assombrado pela figura de um passado estranho, no qual ocorreu algo similar a um golpe de estado, golpe este calcado na “legalidade” sem o ser legalmente processado!
O fato é que qualquer cidadão incomodado com a figura d'algum presidente ou qualquer jurista, travestido de sábio e de conciliador da nação, e que esteja se sentindo afetado com o aumento da gasolina (por exemplo) e, por causa disso, não pode usufruir do seu veículo importado todos os dias, pois ele “bebe muito”, entrará com um pedido de impeachment e se um bando de delinquentes disfarçados de políticos (ocupam a Câmara Federal), entre eles o presidente da casa, provavelmente este presidente “aborrecente” sofrerá impeachment! E o mais grave: este rito poderá se tornar uma rotina em nosso país, que desembocará em sucessivas guerras frias e guerras civis...
JaloNunes.
Imagem copiada de: exame.abril.com.br
Imagem disponível em: www.estadao.com.br

2 comentários:

  1. Olá Jalo
    Vivemos em uma democracia velada, será mesmo que foi o povo que a elegeu? e será mesmo que é o povo que a está tirando? estou muito descrente deste sistema.

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  2. Verdade Simone, se pararmos para refletir profundamente cada vez mais duvidamos da política brasileira, talvez fosse o momento de virar tudo de cabeça para baixo!
    Obrigado e abraço!

    ResponderEliminar